central de agendamento

16 3514 0700  

16 99745 1338

16 99745 1338

Notícias » Imagens avançadas revelam detalhes do corpo humano

« VOLTAR


02/07/2018

Imagens avançadas revelam detalhes do corpo humano

Os equipamentos instalados, na MED – Medicina Diagnóstica, como a ressonância de alto Campo e o tomógrafo de 128 cortes, geram  imagens de alta definição e em 3D, que permitem a visualização dos órgãos do corpo humano em qualquer plano, de todos os ângulos. Essas imagens ajudam seus médicos radiologistas especializados nas diversas áreas da medicina, a visualizarem mais detalhadamente as patologias, ou a ausência delas, para se chegar a um diagnóstico mais preciso.
 
A Ressonância Magnética de Alto Campo possui tecnologia digital com mais de 48 canais, que permite alta resolução de imagens e exames rápidos, sem o uso de radiação. Entre seus usos está  o exame de corpo inteiro, uma alternativa à cintilografia e tomografia. O exame possibilita, ainda, detectar tumores e doenças inflamatórias osteoarticulares difusas de forma precoce, sendo importante na avaliação da medula óssea, dos tecidos moles e de doenças sistêmicas. Diretor técnico da MED, César Roberto Camargo (CRM – SP 39.997), observa que, por não utilizar radiação para obter as imagens, o exame é indicado para avaliar a evolução do câncer e para monitorar pacientes que necessitam repetir exames. Seu design também é uma evolução, pois seu magneto tem abertura de diâmetro  maior que o convencional, proporcionando conforto para os pacientes com até 250 quilos e a redução de claustrofobia, podendo inclusive evitar a necessidade de sedação. O aparelho, por ter corpo mais compacto também permite a realização de muitos exames com a cabeça do paciente para fora do equipamento. 
 
O tomógrafo de 128 cortes capta imagens detalhadas, em segundos, de ossos, tecidos, órgãos e outras partes do corpo com melhor resolução de imagens, o que permite identificar problemas precocemente. Realiza procedimentos como a angiotomografia das coronárias, que avalia as artérias que nutrem o coração  em pacientes com probabilidade de doença arterial coronariana. A angiotomografia das coronárias tem a vantagem de ser feita de forma menos invasiva e dolorida, mas com resultado semelhante ao do cateterismo, em pacientes selecionados. Médico radiologista, responsável pela área de musculoesquelético da MED, Claudio Benedini Laguna (CRM 85.809–SP) explica que o equipamento ainda é utilizado para avaliações pré-operatórias e de materiais ortopédicos, consolidações de fraturas e próteses. Outro exame importante que pode ser realizado pelo equipamento de 128 cortes é o escore de cálcio, um marcador  que quantifica a presença de cálcio nas artérias coronárias. Devido à sua rapidez, também é uma ferramenta valiosa em emergências como as de neurologia e de traumatologia, quando o resultado rápido é fundamental. O tomógrafo pode examinar pacientes com até 200 quilos.
 
Alguns exames com imagens de alta resolução que são realizados pela ressonância magnética  e pelo tomógrafo 128 cortes da MED - Medicina Diagnóstica.
Tomografias computadorizadas Multislice
Tomografias e ressonâncias com reconstruções Multiplanares e 3D
Ressonância magnética de corpo inteiro
Ressonância magnética multiparamétrica da próstata
Ressonâncias de mamas.
Ressonância do coração, morfológica e funcional.
Angiotomografia das coronárias
Angiotomografia e angiorressância 3D de diversas regiões 
Punções
Biópsias
Medidas ortopédicas
Neuroimagens convencionais e avançadas 
Ressonância com estudo do neuroeixo
Perfusão cerebral
Tractografias
Espectroscopias
Ressonância das orelhas com estudo de Difusão

Fonte: