central de agendamento

16 3514 0700  

16 99745 1338

16 99745 1338

Notícias » Previna-se: casos de infarto e AVC aumentam no inverno.

« VOLTAR


20/05/2019

Nosso corpo trabalha para manter seu calor interno ao redor de 36,1ºC.  Quando as terminações nervosas da pele se ressentem com o frio, estimulam a produção da catecolamina, substância que  acelera o metabolismo para evitar a perda de calor e, assim proteger o funcionamento de órgãos vitais internos. Com isso, as paredes dos vasos sanguíneos que irrigam a pele se contraem, não é sem razão que as mãos, pés, nariz e orelhas esfriam. O resultado é que o coração precisa fazer mais força para bombear o sangue. No inverno as pessoas também sentem menos sede e acabam bebendo menos líquido. O sangue fica mais denso e viscoso e se coagula mais facilmente ajudando a causar o aumento da pressão sanguínea. Nas temperaturas mais baixas, esse aumento da pressão sanguínea sobre a parede dos vasos, que já estão com o calibre reduzido, além de sobrecarregar o coração, facilita o desprendimento de possíveis placas de gordura localizadas no interior das artérias, que podem bloquear o fluxo do sangue para o coração e para o cérebro. Idosos, diabéticos, hipertensos, obesos, fumantes e sedentários precisam redobrar os cuidados no inverno. Quem não pertence aos grupos de risco também deve evitar a exposição prolongada ao frio intenso e choque térmico causado pelas quedas bruscas de temperatura. Se hidratar, manter uma alimentação equilibrada, com menos gordura saturada, açúcar e sal e um programa regular de exercícios físicos e ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue, a glicemia e a pressão arterial, apesar da vasoconstrição periférica. Porém, no caso dos exercícios físicos, evite exageros quando a temperatura está abaixo dos 14ºC e evite a prática ao ar livre. Como os exercícios físicos exigem maior aporte de oxigênio nos músculos esqueléticos podem representar maior esforço para o coração. O trabalho de aquecimento deve ser mais lento e prolongado e a escolha da roupa é importante para conservar o calor que o próprio corpo produz. Roupas colocadas diretamente sobre a pele garantem um melhor isolamento térmico e proteção contra o frio. Respeite o seu corpo, evite exposição ao frio prolongado, se aqueça e previna-se contra casos de AVC e infarto nos dias mais frios.

 

Fonte: